Oferta Agradável a Deus

Há diversas maneiras de ofertar, como também há diversos propósitos ao ofertar, mas só uma agrada ao senhor, o Apostolo Paulo diz que a oferta deve ser executada com alegria e a que estiver proposto pelo coração, mas infelismente não e assim, neste caso creio que o apostolo usou de muita humildade e beniguidade para com os crentes que o cercavam naquela época que eram sem recursos e muito carentes. Porém desde a antiguidade Deus exigia uma oferta em conformidade de sacrifício, o Senhor só aceitava as primícias, ou seja as pessoas tinham que ofertar o que tinha de melhor, e dar o seu melhor e tirar o que lhe é de melhor e se sacrificar, dar o que se tem de melhor, e ter o sentimento de perda, ofertar o que não lhe faz falta não sacrifício. QUANDO A OFERTA E ENTENDIDA POR DEUS COMO SACRIFÍCIO DEUS SE AGRADA. Ex. a oferta da viúva, Jesus disse que aquela era a maior ofertada naquele dia, era tudo que ela tinha, muitos outros ofertaram mais do que ela, mas ofertaram que que não lhes faziam falta.

Deixe uma resposta

Fechar Menu